Quarta, 12 Ago 2020
Está aqui: Notícias Recentes Carta Associados 2020
Agosto 2020
S D
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6
Carta Associados 2020 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 17 Julho 2020 23:52

 

 

Exmº(ª). Sr.(a).

ASSOCIADO(A) DA A.H.B.V.

De Castanheira de Pera

 

18 jul. 20

 

Prezado associado,

 

A pandemia do século contagiou países, pessoas, não escolhendo idade, sexo, raça, credo, condição social ou localização. Grandes e microempresas, instituições e em particular associações de carácter humanitário.

 

O flagelo e o drama que todos sem exceção enfrentamos, obriga-nos mais do que nunca a preparar a nossa associação para resistir a uma crise económica sem precedentes, de modo a assegurar a continuidade da imprescindível missão desempenhada pelas nossas Bombeiras e Bombeiros na proteção de pessoas e bens, integrando e representando a maior força de Protecção Civil ao serviço do concelho, da região e do país, bem como o imprescindível apoio à saúde dos seus associados e restante população, sobretudo agora no combate à propagação do Coronavírus – COVID-19.

 

Desde meados de março do corrente ano, na área de apoio à saúde efetuámos inúmeras emergências, transporte de doentes para hemodiálise e oncologia, sempre com a questão COVID-19 presente, não tendo no entanto, devido à interrupção de consultas, havido qualquer transporte de doentes não urgentes, que apesar de não ser uma atividade lucrativa, era a nossa maior fonte de receitas e que deixámos de ter, com a agravante do inesperado e inerente aumento de despesas impostas pela própria situação epidemiológica causando inevitavelmente problemas de liquidez à nossa associação, e podendo mesmo a médio prazo pôr em causa a nossa saúde financeira.

 

O regime temporário e excecional de apoio às associações humanitárias de bombeiros, no âmbito da pandemia da doença COVID-19 – antecipação do financiamento permanente e o financiamento específico para fazer face às necessidades de tesouraria, são para nós e para a quase totalidade das associações do país, medidas que não são exequíveis e às quais não podemos aderir uma vez que comprometem o futuro das associações e dos seus bombeiros, limitando as decisões e o trabalho de futuras direções, e não nos sentimos moralmente legitimados para o fazer.

 

Caro associado, perante este cenário impõe-se assim a necessidade de colocar em ação um plano financeiro interno e rigoroso, já em execução, assente na redução de despesas sem colocar em causa a operacionalidade dos nossos bombeiros e num significativo e necessário aumento de receitas, envolvendo a participação de todos e consecutivamente obrigando-nos uma vez mais a vir ao seu encontro no sentido de respeitosamente apelar para o cumprimento do seu dever de associado, e uma vez que a situação assim o exige, apelar também para a sua generosidade com um possível donativo, contribuindo assim para que a nossa associação possa resistir a esta crise e continuar a ser motivo de regozijo para todos nós.

 

Esta pandemia mergulha-nos numa experiência global repleta de incertezas e controvérsias para as quais não existem soluções fáceis, nem decisões assertivas, vivemos um tempo que nos obriga mais do que nunca a lutarmos juntos contra todas as contrariedades, de modo a podermos preparar a nossa associação para um tempo novo que este vírus está a construir.

 

Na expectativa do seu melhor acolhimento face a este nosso pedido.

 

Subscrevemo-nos,

 

A bem da humanidade

 

A Direção

 

 

 

 

IBAN:

PT50 0035 0219 00002360930 95 (CGD)

PT50 0045 3335 40214746364 46 (C. AGRÍCOLA)


 
Live tracking and statistics